Postagens populares

Resenha: Holy Cow (David Duchovny)

10/12/2017 2 comentários

Titulo Original: Holy Cow - A Modern-Day Dairy Tale
Titulo: Holy Cow - Uma Fábula Animal
Autor: David Duchovny
Editora: Record
Páginas: 208
Ano: 2015
Skoob - Goodreads
Sinopse: Uma aventura irreverente e itinerante com muita personalidade, e uma heroína quadrúpede que você não vai esquecer tão cedo.
Elsie Bovary é uma vaca muito feliz em sua bovinidade. Até o dia que resolve sair sorrateiramente do pasto e se vê atraída pela casa da fazenda. Através da janela, observa a família do fazendeiro reunida em volta de um Deus Caixa luminoso – e o que o Deus Caixa revela sobre algo chamado “fazenda industrial” deixa Elsie e tudo o que ela sabia sobre seu mundo de pernas para o ar. A única saída? Fugir para um mundo melhor e mais seguro. Assim, um grupo para lá de heterogêneo é formado: Elsie; Shalom, um porco rabugento que acaba de se converter ao judaísmo; e Tom, um peru tranquilão que não sabe voar, mas que com o bico consegue usar um iPhone como ninguém. Munidos de passaportes falsos e disfarçados de seres humanos, eles fogem da fazenda e é aí que a aventura deles alça voo – literalmente.
Elsie é uma narradora marrenta e espirituosa; Tom dá conselhos psiquiátricos com um sotaque alemão um tanto forçado; e Shalom, sem querer, acaba unindo israelenses e palestinos. As criaturas carismáticas de David Duchovny indicam o caminho para um entendimento e uma aceitação mútuos dos quais esse planeta tanto precisa.

Holy Cow é um livro totalmente insano, eu juro que jamais esperaria dele ser um livro brilhante e ao mesmo tempo bizarro.

Elsie é um vaca, assim como toda a sua família. Recebeu esse nome em homenagem a sua tia que também era Elsie. Tudo andava bem pela fazenda, ela seguia a sua vida como qualquer outra vaca da sua família. Até que um dia, o filho mais velho do fazendeiro deixou a porteira aberta e ela e sua amiga Mallory aproveitaram para dar uma voltinha pelos touros (se é que você me entende...).

Por um instante, Elsie acabando deixando sua amiga sozinha, já que ela estava se dando bem sozinha e acaba indo parar na janela da casa do fazendeiro, onde descobriu um tal de Deus Caixa (televisão) e nele contava uma história sobre fazendas industriais. Se já não bastasse isso, ainda apareciam várias galinhas apertadas em gaiolas e porcos encurralados aos montes, mas o pior era ver vacas em enormes galpões que depois acabavam sendo mortas por um homem. Foi a gota d'água!

Elsie então decide que não queria aquela vida, não queria ser sacrificada para satisfazer a vida de um humano. Aí então que ela decide fugir. ÍNDIA, um lugar onde ela seria tratada como deusa e jamais ousariam tocar nela para fazer algum mal.

Nesse período de tempo do plano de fuga, ela conhece um porco (Shalom) que, com medo de ser morto, necessita ir para a Israel , pois acredita que como eles odeiam porco eles não vão querer nada com ele e vão deixa-lo em paz e; Tom Turquia, um peru que quer ir para a Turquia pois acha que não matariam alguém da mesma "família", já que estava com medo do Dia de Ação de Graças.

Seria Elsie capaz de fugir da morte terrível e conseguir chegar ao seu destino?


 
Desenvolvido por Michelly Melo.